Estrangeiros

Finados é de uma tristeza só, não apenas pelos que foram. Há um lugar em que chove no Dia dos Mortos, rigorosamente, sem tréguas ao longo dos anos. A ciência não sabe explicar, faltam-lhe engenho e arte, pois chuva de Finados não tem resposta na meteorologia. Até o dia anterior aos mortos faz sol de rachar, as ruas são um delicioso Festival de pernas de fora e encontros desses que só acontecem no calor. Os seres findos não se aguentam de tanta bossa nova acontecendo entre os viventes, sentem um estranho apego à vida e dá-lhe chuva para lembrar à humanidade de shortinho que aquele dia é deles, ora bolas. Vem os pingos, melancolia amarela, uns pensamentos imperfeitos, até que, fim de tarde, a chuva cessa, o dia termina como um filme, bonito degradê no céu. Merecidamente lembrados, os mortos agradecem da forma que podem.       

Anúncios

2 comentários sobre “Estrangeiros

  1. E dizem que se chove em Finados, chove também no Reveillon. Deve ser pedido dos mortos que estão mais próximos do Gerente, é um link bacana, para não esquecerem deles mais uma vez.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s