Primeira história

Dizem por aí que um homem só é completo após plantar uma árvore, ter um filho e escrever um livro. Dessa lista, fico com a árvore por agora e aproveito para esclarecer a cacofonia acidental que transformou-se em intencional, assim que o WordPress deu por definitivo: “comafeto is yours”. Não quero que ninguém coma feto e não gosto nem de imaginar a cena que o Fantástico Mundo de Bobby passando pela minha cabeça insiste em alardear. É com açúcar e com afeto que inauguro este Blog sobre pequenas sutilezas que deixam a vida um bocado melhor e não estão presentes em lista alguma.

Anúncios

2 comentários sobre “Primeira história

  1. A primeira árvore pode ser uma jabuticabeira por onde passa o Sol? Boa sorte e depois com tanta história já poderá escrever o livro 🙂 Cadê o segundo post?

    • Ô seu playba, preciso de sua ajuda para além das jabuticabas. Preciso de aprender Photoshop com urgência. Acho que vou te visitar no final de semana que vem acompanhado de um feriado para lá de oportuno. 🙂 O segundo post está no ar, sem imagens e sem burburinho. Por ora, os comedores de feto somos nozes e o jardineiro é Jesus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s